Espaço do Conhecimento UFMG divulga atividades gratuitas do fim de semana

As atividades são gratuitas e possuem classificações etárias diversas

  • por em 23 de outubro de 2019

(Foto: divulgação/UFMG)

No próximo final de semana, dias 26 e 27 de outubro, o Espaço do Conhecimento UFMG oferece diversas opções aos visitantes. No sábado, 26 de outubro, o Café Controverso promoverá um debate sobre gentileza urbana, às 10h. De tarde, às 14h, o aniversário da tabela periódica será celebrado com uma oficina que mostra a importância da antiga prática da alquimia. Em seguida, às 18h30, uma contação de histórias abordará o surgimento do Universo. Para terminar o dia, às 19h, acontecerá mais uma observação noturna acessível em Libras.

No domingo, 27 de outubro, a exibição do documentário Louceiras levará os espectadores a um passeio com as ceramistas da aldeia dos Kariri-Xocó, às 14h. As atividades são gratuitas e possuem classificações etárias diversas. O endereço do Espaço do Conhecimento é Praça da Liberdade, 700, Funcionários, Belo Horizonte.

Café Controverso: Edição Viver Bem

Refletir sobre questões urbanas e compartilhar experiências para promover um futuro melhor para os municípios são propostas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o Outubro Urbano, mês em que é celebrado também o Dia Mundial das Cidades, celebrado no dia 31 de outubro. Para discutir essa questão, o Instituto Unimed-BH e o Espaço do Conhecimento UFMG convidam a população para um debate que terá como mote Pessoas e cidades: construindo a gentileza urbana, no próximo sábado, 26 de outubro, a partir das 10h, em mais uma edição do Café Controverso: Viver Bem.

Patrícia Tavares, idealizadora e fundadora do projeto Verbo Gentileza, e Júnia Ferrari, professora da Escola de Arquitetura e Urbanismo da UFMG, conduzirão o encontro, que terá a mediação da diretora Científico-Cultural do Espaço do Conhecimento UFMG,professora Diomira Maria Cicci Pinto Faria.

O projeto Verbo Gentileza tem como propósito transformar as relações dentro das cidades, sendo a gentileza um elo entre todos os atores do espaço urbano, assunto que será abordado por Patrícia Tavares. A professora Júnia Ferrari levará ao encontro uma perspectiva a partir de sua experiência como urbanista: a ideia dela é discutir o que seria uma Cidade mais Gentil, mais amigável. Nesse sentido, traz à mesa algumas ações populares, políticas públicas e legislações que possam contribuir para esse fim. A análise avaliará o quanto tais medidas estimulam o movimento de ocupação, cidadania e apropriação dos espaços públicos.

Alquimia e ciência moderna: incompatíveis?

A criação da tabela periódica foi um momento crucial na ciência. Em 1869, o russo Dimitri Mendeleev organizou em linhas e colunas os elementos químicos até então conhecidos de acordo com suas propriedades. Isso permitiu a descoberta de novos elementos e o desenvolvimento de tecnologias. Não à toa, a ONU proclamou 2019 como o Ano Internacional da Tabela Periódica, que celebra um século e meio de existência.

O Espaço do Conhecimento UFMG aproveita a ocasião para explorar curiosidades sobre a química! No sábado, às 14h, a oficina Alquimia e ciência moderna: incompatíveis? mostra a importância da prática antiga para as pesquisas atuais. A participação é indicada para maiores de 10 anos.

A partir de divertidos experimentos, a oficina mostrará ao público como a química atual tem partes baseadas na antiga alquimia, que usava técnicas semelhantes a algumas realizadas atualmente em laboratórios.

Contação de Histórias nas Cosmogonias

A diversidade da espécie humana se revela nas mais diferentes culturas pelo mundo. Cada uma enxerga a origem do universo e da humanidade de uma forma distinta. Não existe uma resposta única para esses questionamentos. Seja pela via científica ou mitológica, são várias as explicações: um paraíso habitado por Adão e Eva, a evolução das espécies ou uma galinha que, ao ciscar um punhado de terra em cima da água, é capaz de criar a superfície terrestre.

Essas e outras narrativas serão exploradas na Contação de Histórias nas Cosmogonias, que acontece no sábado, às 18h30, no Espaço do Conhecimento UFMG. Na atividade, o público é apresentado às narrativas da criação do cosmos à luz das interpretações das tradições yorubá, maia, maxacali, judaico-cristã e grega, que integram a exposição Demasiado Humano. A participação tem classificação indicativa livre.

Observação Noturna em Libras

Não há lugar melhor para ver o céu da Praça da Liberdade! Equipado com um teto retrátil, o Terraço Astronômico do Espaço do Conhecimento UFMG oferece uma vista privilegiada. Todos os sábados, o museu realiza a Observação Noturna com dois telescópios, apontados para corpos celestes visíveis na noite corrente, como a Lua e planetas.

Nesta semana, a atividade contará com a presença da atriz e intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) Dinalva Andrade. No sábado, às 19h, os visitantes estão convidados para Observação Noturna em Libras. Os interessados precisam retirar uma senha, na recepção do museu, a partir das 17h30.

A ação integra a programação do Sábado com Libras, que traz ao Espaço do Conhecimento UFMG atividades acessíveis semanalmente. No mês das crianças, a programação está recheada de diversão para os pequenos. Acesse aqui a programação do Sábado com Libras.

Exibição do documentário Louceiras

O povo Kariri-Xocó vive em uma aldeia às margens do Rio São Francisco, no município de Porto Real do Colégio, em Alagoas. Algumas dessas mulheres indígenas são herdeiras de uma tradição passada de mãe para filha: a louça. Elas conhecem a arte a fundo, desde a escolha do barro até a confecção e a queima de panelas e potes. O documentário Louceiras, de Tatiana Toffoli, acompanha o dia a dia das últimas ceramistas da comunidade.

No próximo domingo, 27 de outubro, às 14h, o Espaço do Conhecimento UFMG exibe a produção, que mostra como essas mulheres tiram o sustento da cerâmica, além de revelar seu conhecimento sobre as ervas medicinais, a dança do Toré e os cantos de trabalho. O filme tem duração de 54 minutos. Logo após a projeção, o público participa de uma roda de conversa sobre o tema. A classificação é livre.

A programação do Espaço conta ainda com diversas atrações para todas as idades. Oficinas, contação de histórias e percursos pelas exposições prometem agitar o mês de outubro. Para mais informações, acesse o site e confira as nossas redes sociais.

Serviço: Fim de semana no Espaço do Conhecimento UFMG

Endereço: Praça da Liberdade, 700, Funcionários, BH
Entrada gratuita

Sábado, 26 de outubro

  • Café Controverso: Edição Viver Bem
    Tema: Pessoas e cidades: construindo a gentileza urbana
    Quando: 10h
    Local: Cafeteria do Espaço do Conhecimento UFMG
  • Alquimia e ciência moderna: incompatíveis?
    Quando: 14h
    Classificação: a partir de 10 anos
  • Contação de Histórias nas Cosmogonias
    Quando: 18h30
    Classificação: livre
  • Observação Noturna em Libras
    Quando: 19h
    Classificação: a partir de 4 anos
    Em caso de dúvidas, enviar e-mail para libras.conhecimento@gmail.com

Domingo, 27 de setembro

  • Exibição do documentário Louceiras
    Quando: 14h
    Classificação: livre
Com informações da Assessoria de Imprensa da UFMG

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
0 0
Views:
384
Categorias:
Notícias