Coronavírus: recesso escolar de julho é antecipado em Minas Gerais

A medida foi publicada em uma deliberação do Governo do Estado neste sábado (21/03)

  • por em 24 de março de 2020

(Foto: Arquivo/PMCF)

A pandemia mundial do Covid-19 é um cenário novo e muito complexo, por isso o Governo de Minas decidiu antecipar 15 dias do recesso escolar que ocorre em julho. O período de folga iniciou ontem (23/03) e vai até o dia 13 de abril.

Clique aqui e confira a mensagem da secretária de Educação Julia Sant’Anna

Nesses últimos dias, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) criou um amplo grupo de professores e técnicos que estão envolvidos na construção do modelo que a rede fará uso caso essa situação se estenda. O objetivo é oferecer possibilidade aos estudantes de terem o conteúdo das disciplinas trabalhado. O detalhamento da iniciativa se desdobrará nas próximas semanas.

A Secretaria de Educação afirma que o contexto é muito novo mundialmente. “Por isso, estamos atentos às experiências, contribuições e, inclusive, aos comentários que estão circulando nas redes sociais para atender a comunidade escolar da melhor forma possível. Por um lado, a aprendizagem tem a tecnologia a seu favor, mas também se tem a consciência das limitações geográficas e sociais em Minas Geias”.

A Secretaria de Educação afirmou que está empenhada em planejar distintas formas de distribuição e circulação de materiais pedagógicos, caso o calendário precise se estender para um período de atividades pedagógica não presenciais. 

Cartilha

A SEE/MG, em parceria com a SES, encaminhou às escolas públicas estaduais orientações sobre prevenção e cuidados quanto ao coronavírus (COVID-19). O material traz informações sobre o vírus, sintomas e formas de prevenir a contaminação. As dicas são voltadas para o ambiente escolar, mas podem ser utilizadas pela população, de forma geral, no dia a dia.

Para consultar o material basta clicar aqui.

Com informações da Assessoria de Comunicação da SEE/MG

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
1 1
Views:
4185
Categorias:
Notícias

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
MARIA CLARA ROCHA

É MESMO? A LDB 94/96 PREVÊ CALAMIDADES E PANDEMIA, A SRA NÃO SABIA SRA SECRETÁRIA???? NÓS NÃO VAMOS ABRIR MÃO DE NOSSO RECESSO OK? VCS NEM PAGAM OS PROFESSORES E QUEREM FAZER GRACINHA? VÁ LER A LEI MAIOR DA EDUCAÇÃO.

Isentão

Eu lamento que o estado não pague os professores e também que os salários sejam muito abaixo do que deveriam ser. Mas sobre o recesso infelizmente todos terão que abrir mão de algo. Imagine os pais que estão em casa sem poder trabalhar, autônomos como eu, diaristas e etc. Estamos todos de férias forçadas e teremos que trabalhar no resto do ano para compensar isso. A crise é enorme e me deixa muito triste ver todos os professores sendo tão reativos e se negando a colaborar. Vocês querem o salário integral, as férias e a quarentena. Infelizmente essa conta não fecha e todos vão ter que pagar um pouco desse prejuízo. De empresários até trabalhadores. E que fique claro que empresários não são esses milionários que aparecem na tv, é o dono da mercearia, a lojinha de roupa do bairro e por aí vai. Seja mais flexível, antecipar as férias é uma medida necessária e ainda esta ótimo. Daqui a pouco, se as coisas não se resolverem, as medidas serão ainda piores para todos nós.

MARIA CLARA ROCHA

NÓS NÃO OPTAMOS PELO CONFINAMENTO! Os governos que paguem por sua decisões. Este estardalhaço é midiático e, quem entra nesta narrativa, verdadeiramente é gado! Essa histeria é uma bolha, criada para imobilizar o ser social. Peça a um (a) professor (a) universitário (a), para abrir mão de seus recessos, serem flexíveis, diminuir seus polpudos salários e privilégios. Aqui não cabe defender minha classe de professores do ensino básico, vilipendiados ao longo dos anos, pq o contexto é outro, porém, meu caro, faz-se necessário lucidez e não resignação! Eu farei a minha parte como brasileira e patriota, mas não sou a redentora! Torço para que tudo se ajeite da melhor forma possível e estou PRONTA pra voltar ao trabalho, com a mesma garra e amor pelo que faço e, grata por tê-lo! Abçs

Isentão

Desculpe, mas se você olha as noticias do mundo inteiro em confinamento, inclusive o país mais capitalista do planeta (que aliás já tem 3mil mortes e contando), e se, pior, como professora ignora TODOS os cientistas e mestres e doutores do planeta, não tenho realmente como argumentar com você. Se nem os professores acreditam que a educação nos trará resposta, estamos em um beco sem saída. A conta não é do governo querida, a conta é da humanidade.

MARIA CLARA ROCHA

Isentão, te dizer assim numa boa! Vc acredita mesmo que morrem este número exato de pessoas??? Jura? Eu tenho 24 anos, mas aprendi desde cedo a refletir, pesquisar, ponderar e duvidar de tudo que a mídia veicula! A ciência não é perfeita, ela comete erros e, em um mundo onde os interesses financeiros falam mais alto, eu prefiro sempre duvidar! Não como pela mão das pessoas supostamente especialistas, pq elas, em sua grande maioria, estão comprometidas até o pescoço por suas ideologias nefastas. A educação não trará respostas ISENTÃO, ela é a resposta! E, como estava lhe dizendo e complementando minha linha de raciocínio lógico, o ser humano não é uma ciência exata meu caro, portanto, logo teremos respostas a estes desmandos mentirosos e aterrorizantes. AGUARDEMOS! Abçs

Isentão

Então a educação é a resposta mas os cientistas então mentindo? Não sei quantas mortes são, mas nunca tinha visto corpos sendo retirados em caminhão na Itália nem quadras virando necrotério na Espanha. Será que estão colocando travesseiro em sacos pretos só para nos enganar? Será realmente que as famílias que estão enterrando seus entes queridos na verdade estão vendo idosos morrerem do nada só por coincidência? Será que 88% das UTI’s de minas estão cheias por uma mentira? Vou te falar uma coisa, é mais fácil as mortes serem ainda maiores do que menores. Os testes muitas vezes nem são feitos. Sinceramente, que resposta absurda… E te digo mais, se morrer só uma pessoa, mas ela for da sua família, valeu a pena voltar ao trabalho? Decepcionante a sua resposta, decepcionante você considerar que isso é opinião de uma educadora. Que Deus proteja a humanidade e também os alunos do sistema de ensino.

MARIA CLARA ROCHA

Já percebi sua ideologia e em quem vc acredita! Não tenho mais o que lhe dizer! Tchau e super sorte.

Isentão

Para começar não tenho ideologia, você está enganada. Em segundo lugar eu sei que é difícil responder as perguntas que fiz sem ter que voltar atrás na sua posição, e isso é algo para poucos. Que você, no auge dos 24 anos, estude mais e daqui alguns anos tenha uma postura de professora.

MARIA CLARA ROCHA

Minha postura não diz respeito a isentões! Faça a gentileza de colocar um ponto final neste papo furado e saiba: todos morreremos um dia, essa é a certeza que todos deveriam ter!!!! Tchauuuuuuu ISENTÃO!!

Isentão

Como professora você deveria saber que ser isento é uma qualidade, mas em tempos de polarização pessoas com dificuldade de interpretação e raciocínio acham sempre mais fácil escolher um lado e se posicionar 100% daquela maneira. Isso é tudo, menos inteligente. Hoje os estados unidos estão barrando as importações de respiradores e máscaras que passam por lá, as mortes continuam crescendo e a quarentena continua longe de terminar. Espero que sua ficha tenha caído. Todos vamos morrer um dia, mas eu tenho uma avó de 101 anos e se ela tivesse morrido com 70 teria feito muita falta na minha vida. Não trate vidas com esse discurso de “todos morreremos um dia”, é um discurso raso e longe do que deveria ser a postura de uma educadora. Sucesso nesse período difícil, que sirva para amadurecer e desejo, de coração, que você fique cada vez mais ISENTONA. =)

Tutameia

fala em voltar ao trabalho que os petistas endoidam o cabeção – preferem morrer

Isentão

Tipo o Trump nos EUA… Aquele petista safado fechando tudo…