Como não deixar a ansiedade ser vilã na reta final do Enem

Confira o artigo da especialista em gestão do estresse Isabela Capelão, especial para o portal Mais Educação

  • por em 24 de outubro de 2019

(Foto: freepik.com)

por Isabela Capelão, especial para o portal Mais Educação
Especialista em gestão do estresse, terapeuta, hipnoterapeuta, fundadora do Meus Miolos

Os dias 3 e 10 de novembro serão momentos em que milhares de pessoas irão prestar a prova do Enem em 2019. A expectativa alta e o friozinho na barriga com a proximidade da prova são comuns a todos, mas eles podem atrapalhar, dificultando a concentração. O complicado é domar os sentimentos e controlar a ansiedade.

Ansiedade na hora da prova é muito prejudicial, pois a pessoa acaba não conseguindo se concentrar, esquece o que estudou ou tem dificuldades para ler a questão. Por isso, neste texto, separamos algumas dicas para ajudá-lo a se concentrar, relaxar e aliviar o estresse nesta reta final. Essas técnicas possibilitam também um aumento do desempenho no momento da prova.

Não importa se é a sua primeira prova, se você tem mais de 30, 40 ou 50 anos de idade. Não se cobre tanto e esqueça seus concorrentes, porque o maior vilão pode ser você mesmo.

Como seres humanos, sabemos que aprender faz parte de toda e qualquer época da vida. Ao prestar um vestibular, ou fazer a prova de um concurso esse fato é ainda mais evidente porque estamos sob avaliação. Ou seja, o resultado do seu estudo, disciplina e aprendizados serão avaliados após a divulgação oficial do gabarito. A prova do Enem faz com que muitas pessoas percam o sono. Afinal, foi muito tempo dedicado de estudo e colocados à prova em algumas horas.

Portanto, nesse momento é necessário, além do estudo prévio e de estratégias para resolução no dia da prova, um controle emocional e temporal para que você consiga dar o seu máximo, sem ser impactado pelo estresse e ansiedade normais de tal situação. Mas como amenizar esse misto de sentimentos de ansiedade, tensão, medo, autocobrança que invadem os miolos?

Seguem abaixo 5 dicas para auxiliá-lo nesse momento.

  1. Técnicas de respiração e relaxamento: podem ser utilizadas técnicas de yoga, meditação, mindfulness. Aqui vamos falar de Mindfulness ou Consciência plena, que é a ação de sair do piloto automático e prestar mais atenção no momento presente, sem julgamentos. É realizada por meio de técnicas formais e informais, sendo a respiração consciente a mais simples. O objetivo é a diminuição do estresse e da ansiedade, melhoria da qualidade do sono, aumento do foco, da memória e do raciocínio. Comece prestando atenção apenas em sua respiração, nas sensações do seu diafragma (coloque a mão na barriga), na maneira como ele incha e desincha quando você inspira e expira. Inspire tranquilidade e expire as tensões.
  2. Minutos de risada: A risada poder ser realizada por meio da prática de Yoga do Riso. Partindo do princípio de que nosso cérebro não compreende a diferença entre imaginação e realidade, a ideia é rir, mesmo sem motivo e assim será possível obter todos os benefícios do riso. O objetivo é aumentar a quantidade de oxigênio no cérebro e no corpo, tornando-o mais alerta, focado e motivado, aumentando a eficiência. Além disso, aumenta a positividade e o humor devido à liberação de endorfinas e reduz o estresse. A dica é rir por pelo menos 5 minutos todos os dias na semana anterior à prova, mesmo sem vontade. O lema é: finge, finge até que atinge!
  3. Ensaio mental: é uma técnica poderosa que ajuda pessoas a se prepararem para uma situação desafiadora, contribuindo para seu bom desempenho nas provas. Além de proporcionar redução da ansiedade, reflexão sobre seus objetivos e aumento do otimismo. Essa técnica é interessante, pois também gera aumento da motivação. Seu objetivo é criar um cenário na imaginação, por meio de um exercício mental e visualizar-se nele, de maneira detalhada, exatamente do jeito que você gostaria que fosse.
  4. Auto-hipnose: Quando o terapeuta induz alguém à hipnose, isso é chamado de hipnoterapia, e quando a técnica é induzida pela própria pessoa,o processo é chamado de auto-hipnose. Essa técnica é utilizada para alterar a sua percepção da realidade e dessa maneira ajuda a pessoa a lidar com situações de estresse e ansiedade de maneira mais positiva. O objetivo é obter um maior controle emocional e da mente por meio do aumento da autoconfiança e da concentração, diminuição do cansaço, da ansiedade e do estresse. Os passos da prática variam de acordo com cada situação, que pode ser durante o estudo, nos dias que antecedem a prova, minutos antes ou durante a prova e também de acordo com as necessidades da pessoa. Em resumo, escreva uma frase que represente o que deseja alcançar de maneira bem específica, que são as sugestões hipnóticas a serem ditas para sua mente já relaxada (conforme item 1).
  5. Organização do tempo: Prepare para o dia da prova com antecedência, deixe tudo separado (material, roupa e o que mais for necessário) e saia com bastante antecedência, prevendo qualquer contratempo. Assim você vai evitar um fator estressor e a frustração de bater com a cara na porta, não conseguir entrar e perder a prova, seu sonho e todo o tempo dedicado.

Essas são dicas valiosas para você que deseja chegar livre, leve e relaxado para fazer a sua prova do Enem e obter bons resultados. É importante ressaltar que essas técnicas devem ser aplicadas pelo menos por uma semana antes das provas e é possível realizá-las sozinho.

Seja no Enem, no vestibular, em concursos, monografias ou em qualquer problema do trabalho ou do dia a dia, o controle da mente e das emoções ajuda qualquer pessoa a passar por adversidades de maneira mais assertiva e positiva.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
2 0
Views:
187
Categorias:
Artigos