Colégio mineiro inova e oferece disciplinas temáticas para Ensino Médio

Estudantes do Ensino Médio terão acesso a módulos formativos, em diversas áreas do conhecimento, e poderão optar de acordo com o grau de afinidade

  • por em 8 de janeiro de 2020

(Foto: freepik.com)

Nos próximos anos, as escolas brasileiras precisarão implementar mudanças previstas por lei para o Ensino Médio, que consistem no aumento da carga horária da grade curricular para além das matérias clássicas.

Em Minas Gerais, o colégio Santo Agostinho se antecipa e apresenta o projeto VOOU, que será implantado a partir de 2020 para estudantes das 1ª e 2ª séries do Ensino Médio das quatro unidades: Belo Horizonte, nos bairros Santo Agostinho e Gutierrez, Contagem e Nova Lima.

De acordo com a gestora pedagógica da unidade Nova Lima e coordenadora do projeto, Júnia Rohlfs, a proposta do projeto consiste na oferta de módulos formativos interdisciplinares que conciliam abordagens pedagógicas e habilidades socioemocionais.

Cada aluno definirá, por semestre, a escolha de um módulo, de acordo com a vontade ou necessidade de desenvolver aptidões em diferentes temáticas como: Educação Financeira; Investigação Forense; Ciência no Esporte; Fotografia Científica; Cinema: teoria e crítica, entre outras.

Segundo a gestora, a preparação para 2020 já começou. “Foi feita uma pesquisa com os alunos para dar mais significado ao projeto e apresentar metodologias diferenciadas, com processos de avaliação totalmente diferentes do currículo escolar convencional. Durante as férias, os estudantes vão receber pílulas sobre o VOOU e outras informações para se familiarizarem com o tema e, na primeira semana de aula, poderem escolher qual módulo farão”, explica.

Para Júnia, o projeto propõe gerar mais autonomia para que os alunos sejam protagonistas dos próprios caminhos. “A intenção é capacitá-los para que eles saiam do colégio mais preparados para os desafios da vida. Queremos proporcionar aos nossos jovens, ainda no Ensino Médio, experiências alinhadas com os seus próprios desejos e anseios”.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Likes:
0 0
Views:
437
Categorias:
Notícias